Na verdade, temos que esclarecer antes, duas coisas: Cupim chamado de subterrâneo, de solo, ou estrutural, tem esta denominação, por construírem seus ninhos na maioria das vezes no próprio solo. Entretanto, estes cupins também podem construir seus ninhos em vão estruturais, como: caixões perdidos em edifícios, vãos entre lajes, paredes duplas, ou qualquer outro espaço que por vezes não tenham acesso, nem visualização para uma inspeção rotineira. Por esta razão, a conceituação cupim subterrâneo não é a mais correta, quando se trata deste grupo de cupins. Outra característica marcante é a formação de túneis de forrageamento, ou seja, aqueles caminhos encontrados nas paredes.

cupim1

Os cupins de madeira seca vivem em madeiras com relativamente baixo teor de umidade. Eles não necessitam ter contato com o solo ou com outra fonte de umidade. A própria madeira e o ambiente em que vivem, provêem a umidade que necessitam para sobreviver. Por viverem dentro da madeira seca, eles são frequentemente transportados de um local para outro, em móveis infestados, caixas ou “containers” de madeira, estrados de madeira, molduras de quadros, etc. Os cupins de madeira seca, não constroem túneis.

cupim2

Fonte: Inset Hunter