Pulga

Dedetização Pulga

Alguns Fatos | Dedetização Pulga

• Existem cerca de 2.500 espécies de pulgas e poucas são as consideradas domésticas.
• Possuem 3 pares de pernas, sendo o par posterior bem mais desenvolvido, o que as permitem saltar até 30 cm de altura. Se os homens pudessem saltar como as pulgas, poderiam dar pulos de até 300 metros de altura (equivalente a um prédio de 100 andares).
• As pulgas vivem como adultas até 100 dias.
• Durante esse tempo podem gerar em média 500 descendentes.
• A fêmea após o acasalamento coloca seus ovos entre os pelos de seus hospedeiros, tapetes e frestas de pisos. Dos ovos saem as larvas, que se transformam em pupas e daí em pulgas adultas.

Informações Gerais sobre as pulgas

As pulgas adultas se alimentam basicamente de sangue e as larvas, de detritos, principalmente de fezes de pulgas adultas. As pupas não se alimentam e podem sobreviver assim por longos períodos de tempo (até 1 ano).

A emergência de pupa para adulto ocorre em condições especiais. É comum o fato de famílias em férias ao voltarem para a residência, desencadearem a emergência das pupas em adultas quase que instantaneamente. A família e seus animais domésticos são então assoladas por hordas de pulgas famintas.

Tamanho: 2 mm
Formato: Achatado
Cor: Marrom avermelhado
Pernas: 6
Asas: Não
Antenas: Sim

Taxonomia
Nome Comum: Pulga
Reino: Animal
Filo: Arthropoda
Classe: Insecta
Ordem: Siphanoptera
Família: Pulicidae
Gênero/Espécie: Ctenocephalides fellis

Dieta das pulgas

Alimentam-se de sangue dos seus hospedeiros.

Habitat pulgas

As Pulgas vivem em seus hospedeiros, ou nas proximidades deles, normalmente animais de sangue quente, principalmente animais domésticos como cães e gatos, mas também em roedores como ratos e ratazanas, pássaros, etc.
São encontrados também em roupas de cama, estofados, pisos e tapetes. Podem habitar também o interior como o exterior de nossas edificações.

Impacto

Além das reações alérgicas causadas pelas picadas das pulgas, podem ser transmitidas perigosas doenças como Peste Bubônica e Tifo Murino – ambas podem ser transmitidas ao homem após esses insetos parasitarem roedores silvestres ou domésticos.

Prevenção

• Retirar com aspirador todo o acúmulo de poeira e detritos em junções de piso com paredes, frestas no assoalho, locais de repouso de animais domésticos, etc.
• Lavar com água quente toda a roupa de cama contaminada.
• Encerar periodicamente o piso, pois a cera tem efeito desalojante.
• Cuidar da higiene de cães e gatos usando periodicamente produtos veterinários anti-pulgas. Manter os ambientes onde esses animais repousam, sempre limpos.
• Adotar medidas de prevenção e controle de roedores, para evitar os riscos de transmissão de doenças, onde os vetores podem ser as pulgas.

Medidas de Controle
Caso as medidas de prevenção não surtam os efeitos desejados, aplicar inseticida líquido concentrado por pulverizador em todos os locais com incidência de pulgas, como pisos, junções de pisos com paredes, locais de repouso dos animais domésticos, etc. Em pequenas áreas como móveis, estofados, camas e situações similares, pode ser utilizado um inseticida aerosol adequado. Lembre-se, o ciclo de vida da pulga é longo e a fase de pupa não é afetada pela ação de inseticidas. Os animais domésticos devem ser mantidos fora dos locais onde foi aplicado o inseticida, até a secagem completa (6 horas).
Muitas vezes é importante repetir a aplicação 15 dias após a primeira. Não se esqueça de aplicar um produto específico nos animais domésticos. Em cães recomendamos o uso de um colar antipulgas.