Mosca

Alguns Fatos
• A mosca está apta a acasalar-se com apenas um dia de vida como adulta.
• A mosca produz um aglomerado de até 150 ovos por postura.
• Os ovos eclodem em 12 horas em média dando origem às larvas. Estas transformam-se em pupas em apenas 3 dias e daí transformam-se em adultas em mais 3 dias.
• Em apenas 8 dias uma mosca pode gerar centenas de descendentes.
• Um casal de moscas pode gerar facilmente mais de 1 milhão de descendentes em um período de 6 a 8 semanas.
• As moscas têm um aparelho bucal esponjoso como se fossem lábios especializados. Elas possuem uma espécie de “bomba” na cabeça que suga os alimentos liquefeitos através de uma tromba – proboscida.
• Os alimentos sólidos se liquefazem através de uma enzima, que as moscas vomitam sobre os materiais que querem ingerir. Todas as vezes que as moscas pousam, elas regurgitam e defecam sobre as superfícies (quanta contaminação…).
• As asas da mosca batem 200 vezes por segundo (mosquitos entre 300 a 400 vezes por segundo).
• Moscas estão sempre observando umas às outras e possuem um forte instinto gregário. Moscas atraem outras moscas e gostam muito de compartilhar a mesma fonte de alimentos.

Informações Gerais
As moscas testam os alimentos com suas patas, que são 10 milhões de vezes mais sensíveis aos açucares do que a língua humana.

Tamanho: 7 mm
Formato: Oval
Cor: Cinza com estrias
Pernas: 6
Asas: Sim – Translúcidas
Antenas: Sim – Pequenas

Taxonomia
Nome Comum: Mosca
Reino: Animal
Filo: Arthropoda
Classe: Insecta
Ordem: Diptera
Família: Muscidae
Gênero/Espécie: Musca domestica

Dieta
Ingerem alimentos líquidos e matérias orgânicas em decomposição (de origem vegetal ou animal), fezes humanas e de animais. Vivem muito bem do que encontram no lixo doméstico.

Habitat
As moscas normalmente ficam em um raio de 2km do local onde nasceram, entretanto podem voar grandes distâncias em busca de alimentos.

Impacto
As moscas são conhecidas por transmitirem mais de 100 diferentes tipos de organismo e germes causadores de doenças, contaminam mais que as baratas, infelizmente são mais toleradas do que estas.

Prevenção

• Remover diariamente todo o lixo, principalmente os restos alimentares, recolhendo-os em sacos plásticos.
• Doces, açúcar, leite, queijos, gorduras, etc. devem ser guardados em vasilhas bem fechadas ou na geladeira.
• Em casa, limpar periodicamente as caixas de gordura e de esgoto.
• Recolher fezes de animais em jardins e gramados.
• Para as mosquinhas que se desenvolvem em ralos de cozinhas e banheiros, tratar com produtos biodigestores que realizam a decomposição dos materiais orgânicos que se depositam nesses locais.

Medidas de Controle
Como as moscas são atraídas pela luz ultra-violeta, caso as medidas de prevenção não sejam suficientes para evitá-las,
utilize armadilha luminosa para atrair e capturá-las. No caso de mosquinhas como a mosca das frutas (Drosóphila) e moscas dos banheiros (Psicodídeos) trate periodicamente os ralos com inseticida líquido.
Em áreas internas quando a infestação for muito alta utilize um inseticida aerossol no ambiente.

Em áreas externas trate as paredes dos depósitos de lixo, como latões, com inseticida líquido aplicado por pulverizador. No piso ao redor dessas áreas pode ser utilizada uma isca granulada espalhada manualmente.

As paredes onde bate o sol da tarde e onde as moscas pousam, podem ser tratadas com o inseticida liquido aplicado por pulverizador ou atomizador elétrico. As moscas morrem ao pousarem na superfície tratada.