A limpeza da caixa d’água é algo que deve ser feito rotineiramente, em um intervalo de 6 em 6 meses. Independente do imóvel, residências, bares, restaurantes, escolas, condomínios etc, devem ter em seus cronogramas tal procedimento. Infelizmente não é dada tanta importância para este tipo de serviço, e que sem dúvida gera inúmeros agravos de saúde. No entanto, se a caixa d’água residencial ou comercial não estiver limpa e desinfectada, a água pode ser contaminada e tornar-se imprópria para consumo.

O engenheiro agrônomo Maxwell Braz, responsável técnico da empresa “Inset Hunter” explica, que muitas das vezes são encontrados insetos e animais mortos dentro dos reservatórios e como a limpeza não é feita dentro desse prazo de tempo, as pessoas vão se contaminando de maneira lenta e gradual, podendo apresentar futuros problemas de saúde. Existe também uma tendência da água, apresentar a deposição e acúmulo de fragmentos minerais, argilas, areias e matéria orgânica. É esse “material particulado” que precisa ser removido de tempos em tempos, para que a qualidade da água não seja alterada.

Fonte: Inset Hunter